BATERIA PARA CARRO

Seu carro não dá partida? O problema pode ser a bateria

volante preto de alguém que tenta ligar mas o carro não dá partida

Se seu carro não dá partida, o problema pode estar na bateria do automóvel. A bateria é como o coração do veículo, é ela a responsável pela partida do motor e quem aciona todos os recursos que seu carro possui, desde os faróis até o teto solar. Portanto, quanto mais moderno for o seu possante, mais necessário será adquirir uma bateria de qualidade.

Mas quais os indícios de que o problema do veículo é a bateria? Neste post, vamos falar um pouco mais sobre o assunto. Quer aprender tudo com a gente? Então, vamos lá!

Quando desconfiar que o seu carro não dá partida por causa da bateria?

Por mais diversos que possam ser os motivos que fazem um carro não dar a partida, não são raras as vezes que a bateria está envolvida no problema. Por isso, vamos te ensinar os principais indícios de que a bateria realmente é a causa da sua dor de cabeça:

Quando o motor de partida virar devagar

Se você acionar o motor do seu automóvel e ele virar lentamente, isso é indício de que o problema seja a bateria. É sinal de que a peça não tem carga o suficiente para trabalhar. Também há uma pequena possibilidade de que seja algum problema mecânico.

Quando o arranque não virar

Outro indício de que o carro não dá partida por causa da bateria é se o arranque não virar. Às vezes, você só escuta um “clic-clic-clic”. Para verificar a origem do problema, você pode ligar os faróis e buzinar ao mesmo tempo. Se a bateria estiver normal, os dois vão funcionar normalmente. Se não, é sinal que realmente o problema é a peça.

O que fazer quando a bateria afetar a partida do automóvel?

pessoa com as mãos no volante tentando ligar mas o carro não dá partida
Seu carro não dá partida? Calma, isso pode acontecer com qualquer um. Nós te ajudaremos a resolver.

Uma vez que foi identificado que o problema com a partida do carro é a bateria, é preciso entender como você pode agir. Então, vamos lá:

Faça uma ligação direta

Você pode fazer uma ligação direta, a famosa chupeta, quando o carro não dá partida. Essa ligação é aquela que tem um cabo com dois fios, um vermelho e um preto. No entanto, você deve verificar se os cabos estão em boas condições, sem remendos ou emendas descascadas, pois cabos com problemas causam graves acidentes.

Outro alerta é nunca fazer uma ligação direta com fios domésticos. Em seguida, encontre um amigo ou familiar que possa compartilhar a energia do automóvel com o seu. Tente achar um carro com a mesma amperagem ou superior, pois a diferença nesse quesito pode causar danos ao sistema elétrico de um ou de ambos os automóveis.

Entretanto, caso você não encontre a amperagem ideal, veja se a bateria auxiliar possui uma amperagem maior do que a sua. Então, fique atento na hora de partir para a ação e recuperar o seu carro sem bateria.  

Para fazer a chupeta, você deve aproximar os dois carros sem que eles se encostem. Desligue tudo o que consumir energia nos veículos, como luzes internas, faróis, lanternas, ar condicionado e etc. Em seguida, faça uma conexão no cabo de ligação direta às duas baterias. É importante que as extremidades vermelhas e pretas do cabo não entrem em contato enquanto estiverem ligadas à peça.

O próximo passo é ligar prendedores vermelhos (+) aos pólos positivos das duas baterias, depois os prendedores pretos (-) aos polos negativos. Lembre-se que esse é o padrão estabelecido e por isso você deverá segui-lo. Agora ligue o outro carro e deixe-o em ponto morto por alguns minutos.

Isso deverá carregar a bateria do seu automóvel.  Dê a partida do seu veículo. Caso ele ligue, retire os cabos das baterias na ordem inversa de quando você conectou. Primeiro os prendedores pretos e depois os vermelhos. Não deixe que os cabos entrem em contato.

Empurre o automóvel

Se o carro não dá partida, você pode empurrá-lo ladeira abaixo. Para isso, coloque-o em ponto morto, acione o contato e solte o freio de mão. No entanto, se você estiver longe de ladeiras, precisará que algumas pessoas empurrem o seu carro para que o seu veículo funcione. 

Quando o veículo atingir cerca de 10 Km/h, pise na embreagem e engate a segunda marcha. Na sequência, solte a embreagem normalmente e a inércia deverá fazer com que o motor dê a partida.

O que fazer quando os métodos falharem?

Nem sempre as ações que você pode realizar serão suficientes para resolver seu problema. Assim, se for preciso: 

Acione o seguro

Caso você tenha seguro do automóvel, acione-o. Um prestador de serviço irá até a sua casa ou trabalho para fazer uma carga de emergência em sua bateria e verificar a condição da peça. Se precisar trocá-la, ele poderá fazer isso na mesma visita.

Peça um guincho

Caso o automóvel não funcione com a chupeta, você pode pedir um guincho. Algumas empresas oferecem assistência 24 horas para motoristas sem seguro. Você pode chamar e pagar o guincho diretamente pelo celular e acompanhar quanto tempo vai esperar até o resgate.

E lembre-se: vai precisar trocar a bateria? Acesse o mourafácil.com e peça a sua da maneira mais simples e rápida possível.  

Quer ler mais dicas úteis como essa? Acesse o nosso próximo post e veja se vale a pena recuperar a bateria do carro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *